Aparafusamento numa mesma fila Quik Drive®

Terminologia

  • terminologie 2

A - Carregador
B - Veio (pré-instalado)
C - Extensão
D - Punho
E - Aparafusadora (não vendida pela Simpson Strong-Tie)
F - Fixação rápida
G - Roda de regulação de profundidade
H - Chave para os bocais
I - Rebordo antiderrapante
J - Ejetor de fila
K - Rebordo
L - Guia
M - Mandril
N - Luz de ejeção da ponta
O - Bocal

Aparafusadoras e adaptadores

Os adaptadores Quik Drive® permitem transformar facilmente e em segundos a maior parte das aparafusadoras basculantes num sistema de aparafusamento Quik Drive®. Demonstração:

  1. Retire o aro da sua aparafusadora.
  2. Retire depois o bocal.
  3. Instale o adaptador.
  4. Insira o mandril.
  5. Engate o carregador no mandril e fixe-o ao adaptador.
  6. Insira a fila de parafusos, com a ponta virada para cima: a sua aparafusadora está pronta!

Guia de resolução de avarias

Problema Solução
Os parafusos não penetram.
Giram uns instantes e depois tombam para o lado.
Pouca ou nenhuma penetração.
Verificar se a aparafusadora está regulada para avançar.
Os parafusos não penetram completamente.
Penetram cerca de metade e depois o bocal roda em vazio.
Verificar se o bocal é adequado ao tipo de parafuso utilizado.
Verificar o desgaste do bocal e, se necessário, substituí-lo.
Apoiar com mais firmeza.
Os parafusos não penetram completamente.
Não ficam totalmente aparafusados no suporte.
Verificar a regulação da profundidade no bocal. Regular, se necessário.
O parafuso passa, talvez, ao lado do suporte.
Exemplo: fixação de painel de pavimento. Aparafusamento ao lado do barrote para um pavimento.
Os parafusos não avançam corretamente e encravam a ferramenta. Utilizar apenas parafusos originais da marca Quik Drive®.
Verificar se a fila de parafusos está corretamente inserida, seguindo o sentido da seta.
 Entre cada parafuso, levantar completamente a ferramenta.
 Não deixar arrastar a fila de parafusos sobre a superfície de trabalho aquando das suas deslocações.
 Verificar se o conjunto da alavanca de avanço está intacto e se esta está engrenada.

Classes de serviço

  • pictos classeservice 1

Relativamente a cada um dos nossos produtos, mencionamos as classes de serviço conforme definidas no Eurocódigo 5 (NF EN 1995-1-1: 2004 parágrafos 2. 3. 1. 3 e 4. 2). Esta classificação refere-se aos tipos de acabamento dos produtos.

Classe de serviço 1: Corresponde a um ambiente interior com uma temperatura de 20°C e uma humidade relativa do ar que só ultrapasse os 65% durante algumas semanas do ano. A humidade média na maior parte das madeiras resinosas é inferior a 12%.

Classe de serviço 2: Esta corresponde a um edifício fechado não aquecido (tipo carpintaria). Carateriza-se por uma temperatura de 20°C e uma humidade relativa do ar que só ultrapasse os 85% durante algumas semanas do ano. A humidade média na maior parte das madeiras resinosas é inferior a 20%.

Classe de serviço 3: Esta corresponde a uma utilização exterior. São as condições climáticas que levam a uma humidade superior à da classe de serviço 2. A humidade média na maior parte das madeiras resinosas é superior a 20%.
 

Observações:

  • Um produto que possa ser utilizado na classe de serviço 3 pode ser utilizado, por extensão, na classe de serviço 1 e 2. Da mesma forma, um produto previsto para a classe de serviço 2 pode ser usado na classe de serviço 1.
  • No caso de ambientes agressivos, por exemplo à beira-mar ou nas proximidades de uma piscina, recomenda-se veementemente a utilização de conexões em aço inoxidável ou galvanizadas a quente, de modo a evitar todas as formas de corrosão.
Classe de serviço Acabamento
Classes de serviço 1 e 2 Fosfato cinzento
Zinco branco
Zinco amarelo
Classe de serviço 3 N2000®
Inox 304L (A2) / 305 e 316L (A4)
Quik Guard©

Revestimentos

Aço inoxidável 304/305 (A2): o aço inoxidável 304/305 (A2) é uma liga de crómio e níquel que é, pela sua essência, não magnético. Este material caracteriza-se por uma muito boa resistência à corrosão. Não foram observados vestígios visíveis de ferrugem vermelha à superfície após um ensaio de exposição de 1000 horas a neblinas salinas.

N2000® galvanizado mecanicamente: a galvanização mecânica permite obter um revestimento protetor de liga de níquel e zinco sobre o metal de base. Aplica-se o revestimento projetando mecanicamente sobre o metal de base bolinhas de choque não metálicas e zinco em pó. Menos de 10% da superfície apresenta traços de ferrugem vermelha após 1000 horas de exposição a neblinas salinas.

Quik Guard©: Quik Guard© é uma marca patenteada de revestimento de barreira dupla que proporciona um nível de proteção adaptado contra a corrosão através de várias aplicações de madeiras tratadas. Menos de 10% da superfície apresenta traços de ferrugem vermelha após 950 horas de exposição a neblinas salinas.

Zinco amarelo: o revestimento oferece uma proteção mínima contra a corrosão e destina-se unicamente a aplicações secas, não corrosivas.

Zinco branco: o revestimento oferece uma proteção mínima contra a corrosão e destina-se unicamente a aplicações secas, não corrosivas.

Fosfato cinzento: o revestimento oferece uma proteção mínima contra a corrosão e destina-se unicamente a aplicações secas, não corrosivas.

Comentário geral respeitante aos ensaios em neblinas salinas - Os ensaios em neblinas salinas estão em conformidade com a norma ASTM B117 e não pretendem representar os desempenhos de resistência à corrosão dos revestimentos de parafusos em condições reais. Devem servir apenas para realizar uma avaliação comparativa entre produtos semelhantes. Numerosas variáveis podem afetar os resultados dos ensaios em neblinas salinas, como as características dos parafusos, os tipos de revestimentos, os tratamentos após o revestimento, etc.

Guia de instalação de um parafuso equipado com uma broca

Natureza da disfunção Causa(s) Ações sugeridas
Fenda na extremidade da broca Força excessiva aplicada aquando do aparafusamento Reduzir a força ou a pressão aquando do aparafusamento
Ângulos fundidos ou escaldantes Velocidade de rotação em vazio da aparafusadora excessiva Utilizar uma aparafusadora basculante com uma rotação em vazio inferior
Cantos da broca fendidos ou até partidos Força excessiva aplicada aquando do aparafusamento Reduzir a força ou a pressão aquando do aparafusamento
Ponta da broca fendida ou diâmetro da broca reduzido Material demasiado duro
Força excessiva aplicada aquando do aparafusamento
Reduzir a força ou a pressão aquando do aparafusamento
Usar um parafuso com uma broca mais considerável
Controlar a natureza do material de suporte
O parafuso não penetra ou cai sobre a peça a fixar Rotação da aparafusadora na posição de desaparafusar
Material demasiado duro
Controlar o sentido de rotação da aparafusadora
Controlar a natureza do material de suporte

Bocais e marcas

É indispensável utilizar bocais adequados ao tipo de parafuso. Os bocais gratuitos incluídos em cada caixa de parafusos Quik Drive® devem ser suficientes para a fixação de todos os parafusos da caixa. Os vários suportes ou técnicas de aparafusamento podem provocar um desgaste prematuro dos bocais.

Os conjuntos de bocais podem ser adquiridos separadamente. Encontrará a referência na embalagem dos bocais dentro da caixa de parafusos ou na etiqueta da caixa de parafusos.

  • sans titre

Parafuso auto-roscante

  • alesoir
  • vis autoforeuse PT

Como é que funciona um parafuso auto-roscante?

Quando seleciona um parafuso auto-roscante, deve escolher uma ponta bem adaptada à espessura do material. Três parâmetros importantes:

  1. Canelura de perfuração: O comprimento da canelura define a espessura que o parafuso pode penetrar. Como a canelura evacua as aparas, se for demasiado curta, as aparas poderão ficar entaladas no metal e parar o corte. Isso poderá levar ao aquecimento do parafuso e à sua rutura.
  2. Comprimento da ponta: A parte lisa da ponta, ou secção guia, deve ser suficientemente longa para perfurar completamente o material antes que a rosca penetre. É que se a rosca penetrar antes do fim da perfuração, poderá torcer e partir.
  3. Fixar um produto espesso sobre aço: Quando fixa um material espesso, como madeira, sobre aço, é preferível utilizar um parafuso com aletas na haste. As aletas alargam o diâmetro de perfuração para evitar o contacto entre o material e a rosca. Quando as aletas entram em contacto com o metal, partem-se e a rosca penetra.
Ponta do parafuso Diâmetro do parafuso Espessuras do material*
#2 3,5
4,2
4,8
0-9 - 2,5
0,9 - 2,5
0,9 - 2,8
#3 4,2
4,8
5,5
6,1
2,5 - 3,6
2,8 - 4,4
2,8 - 5,3
2,8 - 5,3
#4 5,5
6,1
4,4 - 5,6
4,4 - 5,6

* Espessura total dos aços, incluindo os espaços entre as camadas.

  • vissage en bande

Aparafusamento em fila de parafusos TB: o sistema de aparafusamento em fila Quik Drive® com as gamas de parafusos TB, TBG e FHSD oferece uma solução rápida e eficaz na fixação de elementos de madeiras sobre suportes metálicos. Estes parafusos não precisam de pré-perfuração.
 

  • Para uma utilização com espessuras de aço de 7,90 mm no máximo para aço formado a quente.
  • Os nossos parafusos TB/FHSD estão disponíveis em zincado amarelo, classe de serviço 2.
  • Os nossos parafusos TBG estão disponíveis em N2000®, classe de serviço 3.
  • 2 ferramentas compatíveis em função do comprimento: QDHSD60 e QDHSD75.