A nossa política de qualidade e ambiente

Responsabilidade, transparência, respeito pelo meioambiente – o nosso objectivo é sermos exemplares nestes campos. Esta é a razão pela qual todas as nossas peças estruturais respondem às exigências regulamentares (marcação CE). Esta é também a razão pela qual nos foi atribuída a certificação de acordo com o sistema de gestão e ambiente em conformidade com as normas ISO 9001 e 14001.

  • RPC
  • BSI ISO 9001

A nossa política de qualidade

Ajudamos a construir estruturas mais seguras com custos mais reduzidos. Para isso, concebemos e fabricamos produtos que respondem às necessidades e às expectativas dos nossos clientes e que, frequentemente, as ultrapassam. Todos os funcionários são responsáveis pela qualidade dos produtos e esforçam-se por garantir a eficácia do sistema de gestão da qualidade.

  • BSI ISO 14001

A nossa política ambiental

Desde Abril de 2007 que a Simpson Strong-Tie está certificada de acordo com o sistema de gestão ambiental conforme a exigências da norma ISO 14001: 2004. Cada funcionário da Simpson Strong-Tie tem por missão reduzir as consequências das actividades da empresa para o ambiente e combater a poluição. Esforçamo-nos por respeitar e ir mais além dos requisitos impostos pelas leis e regulamentos ambientais em vigor e por melhorar constantemente os nossos modos de funcionamento, com o objectivo de minimizar os efeitos negativos que estes possam ter sobre o ambiente.

Consumo e reciclagem

  • acier environnement

O aço é a principal matéria-prima utilizada para a elaboração dos conectores da Simpson Strong-Tie. A percentagem de aço reciclado presente no aço utilizado no fabrico dos nossos produtos chega aos 18%.

As outras matérias-primas que servem para a embalagem dos nossos produtos – cartão, blister, película de paletização, etiqueta – são em grande parte recicláveis e os fornecedores parceiros comprometem-se igualmente a limitar o seu impacto sobre o ambiente. A Simpson Strong-Tie trabalha em colaboração com tipografias que garantem que o papel, utilizado nos catálogos e outra documentação Simpson Strong-Tie, tem a certificação PEFC e FSC. Estas duas certificações atestam o respeito por critérios ambientais no fabrico do papel, bem como a gestão sustentável das florestas.

A política de triagem efetuada diretamente nas instalações permitiu a valorização de 95% dos resíduos produzidos em 2013. A Simpson Strong-Tie conseguiu reduzir em 30% os resíduos industriais normais (DIB) no espaço de seis anos e os produtos perigosos (DIS) em 50% no mesmo período.
 

Gestão das energias

Realiza-se regularmente um diagnóstico energético das instalações para medir a origem dos consumos de eletricidade. Está em curso a implementação de medidas que permitirão uma redução em 20% do consumo dos escritórios em 2014.

A Simpson Strong-Tie investiu em equipamentos de nova geração no seguimento da ampliação de 2010. A superfície das instalações duplicou, mas o consumo de gás aumentou apenas 16%.

A água não entra no processo de produção e tem simplesmente uma utilização sanitária e isso não gera resíduos poluentes. Apesar da ampliação das instalações e do aumento do número de funcionários, o consumo mantém-se estável.

Conformidade regulamentar

  • Usine

As instalações estão em conformidade com a regulamentação ICPE (Instalações classificadas para a proteção do ambiente) no que diz respeito aos níveis sonoros da fábrica de produção e são realizados os controlos obrigatórios. Mais ainda, a Simpson Strong-Tie investe todos os anos para aperfeiçoar o processo de produção, insonorizando as suas máquinas barulhentas e melhorando o conforto de trabalho dos seus funcionários.

Os resíduos presentes no ar, provocados pelo processo de fabrico, são filtrados antes de serem lançados na natureza. Os filtros usados são depois recolhidos com os resíduos perigosos.

Além das exigências regulamentares, a Simpson Strong-Tie construiu a sua fábrica sobre retenção a fim de evitar a poluição dos solos e dos lençóis freáticos em caso de incêndio. É assim possível recuperar as águas poluídas usadas na extinção para um tratamento regulamentar.

A melhoria contínua dos produtos

  • O serviço I&D trabalha para desenvolver produtos que utilizem menos materiais com desempenhos técnicos equivalentes.
  • O serviço de equipamento desenvolve ferramentas que permitem produzir as peças com o mínimo possível de máquinas de estampagem, limitando assim os consumos de energia ligados à sua produção.
  • O serviço de aprovisionamento privilegia as compras de proximidade e instaura relações duradouras com os fornecedores.