ABR

Esquadros reforçados (9020 7015)

Os esquadros reforçados ABR9020 e ABR7015 respondem a aplicações estruturais de carpintaria e de habitações com esquadria de madeira.

Marcação CE
ATE
Classe de serviço 2
Interior
Aço galvanizado Z275

Detalhes do produto

Imagens

Características

Matéria

  • ABR9020 : Aço galvanizado S250GD + Z275 conforme a norma NF EN 10346 (espessura : 2 mm),
  • ABR7015 : Aço galvanizado S350GD + Z275 conforme a norma NF EN 10346 (espessura : 1.5 mm).

Vantagens

  • Grande resistência aos esforços de tração e cisalhamento,
  • Grande polivalência de utilização.

Aplicação

Suporte

  • Elemento de suporte : madeira maciça, laminada colada, betão, aço,
  • Elemento suportado : madeira maciça, aglomerado de madeira, laminada colada, asnas trianguladas, perfis.

Áreas de utilização

  • Fixação de asnas pequenas,
  • Travessa de paramento, pilar de revestimento de proteção,
  • Ancoragens de traves, consolas, peças de contorno.

Dados técnicos

Dimensões

Dimensões e valores caraterísticos

Referência Dimensões e valores caraterísticos [mm] Perfurações Ala B
A B C t Ø5 Ø7 Ø11 Ø14 Ø5 Ø9 Ø13 Ø14
ABR7015 70 70 55 1.5 8 1 - - 8 1 - -
ABR9020 88 88 65 2 10 - 1 - 10 - 1 -

Valores caraterísticos - Madeira/madeira - Pregagem total - Montagem com 2 esquadros

Referência Valores caraterísticos - Madeira/madeira - Pregagem total - Montagem com 2 esquadros
Fixacões Valores característicos - Madeira classe C24 - Montagem com 2 esquadros [kN]
Aba A Aba B R1.k R2.k = R3.k R4.k = R5.k*
Qdad Qdad CNA4.0x35 CNA4.0x40 CNA4.0x50 CNA4.0x60 CSA5.0x40 CNA4.0x35 CNA4.0x40 CNA4.0x50 CNA4.0x60 CSA5.0x40 CNA4.0x35 CNA4.0x40
ABR7015 6 8 5.2 6.1 - - - 6.6 7.3 - - - 4,2 / kmod^0,3 4,8 / kmod^0,3
ABR9020 8 10 9.7 10.8 11.9 14.9 14.6 9.4 10.3 12.2 13 12.3 4,6 / kmod^0,7 4,9 / kmod^0,7

* b = 75 mm e e = 130 mm

Para obter os valores de resistência para um único suporte, os valores na tabela acima devem ser divididos por dois, desde que a viga suportada esteja bloqueada em rotação. Consulte nosso ETE-06/0106 se o feixe estiver livre para girar.

Valores caraterísticos - Madeira/madeira - Pregagem parcial - Montagem com 2 esquadros

Referência Valores caraterísticos - Madeira/madeira - Pregagem parcial - Montagem com 2 esquadros
Fixacões Valores característicos - Madeira classe C24 - Montagem com 2 esquadros [kN]
Aba A Aba B R1.k R2.k = R3.k
Qdad Qdad CNA4.0x35 CNA4.0x40 CNA4.0x50 CNA4.0x60 CNA4.0x35 CNA4.0x40 CNA4.0x50 CNA4.0x60
ABR9020 4 6 4.9 5.9 7.8 9.8 5.9 6.5 7.6 8.1

Para obter os valores de resistência para um único suporte, os valores na tabela acima devem ser divididos por dois, desde que a viga suportada esteja bloqueada em rotação. Consulte nosso ETE-06/0106 se o feixe estiver livre para girar.

Instalação

Instalação

Fixações

Em madeira :

  • Pregos canelados CNA Ø4,0x35 ou Ø4,0x50 mm,
  • Parafuso CSA Ø5,0x35 ou CSA Ø5,0x40,
  • Parafusos,
  • Tira-fundos.

Em betão :
Elemento de betão :

  • Cavilha mecânica : perno WA M10-78/5 OU WA M12-104/5,
  • Ancoragem química : resina AT-HP + Haste roscada LMAS M10-120/25 ou LMAS M12-150/35.

Elemento de alvenaria de blocos ocos :

  • Ancoragem química : resina AT-HP ou POLY-GP + Haste roscada LMAS M12-150/35 + peneira SH M16-130.

Em aço :

  • Parafusos.

Instalação

  1. Aproximar o item a fixar ao elemento.
  2. Pregar o elemento. Este também pode ser aparafusado com a ajuda de parafusos adaptados.
  3. Se o elemento for de madeira, o esquadro é também pregado ou aparafusado a este.
  4. Se o elemento for de betão, fixar o esquadro respeitando o determinado pela aplicação de ancoragem escolhida.

Technical Notes

Informações técnicas

F1 : esforço de tração no eixo central do esquadro
Caso particular de uma fixação com 1 só esquadro :

  • Se o conjunto da estrutura impede a rotação da madre ou do prumo a resistência em tração é igual a metade do valor indicado para dois esquadros,
  • No caso contrário, a resistência da estrutura depende da distância «f» entre a superfície de contacto vertical e o ponto de aplicação da carga. Para consultar as cargas correspondentes visite www.simpson.fr.

F2 e F3 : esforço lateral de cisalhamento
Caso particular de uma fixação com 1 só esquadro :

  • O valor de resistência a considerar é igual a metade do indicado para dois esquadros.

F4 e F5 : esforço transversal dirigido para ou no sentido oposto do esquadro

  • A resistência da montagem depende da distância «e» entre a base do esquadro e o ponto de aplicação da carga,
  • Contacte-nos para consultar as cargas correspondentes.

Este catálogo inclui apenas os esforços F1, F2 e F3 para montagens com 2 esquadros. Contacte-nos para mais informações.

Contact

Simpson Strong-Tie França

Simpson Strong-Tie

ZAC des 4 Chemins
85400 Sainte-Gemme-la-Plaine
França